Unidades de saúde participam de audiência pública no MPT-GO

Encontro apresentou questões relacionadas à saúde e segurança no meio ambiente do trabalho hospitalar

O Fórum de Saúde e Segurança no Trabalho do Estado de Goiás (FSST-GO) promoveu, na manhã de hoje (29), uma audiência pública com as maiores unidades de saúde de Goiânia, Aparecida de Goiânia e Trindade. O encontro, realizado na sede do Ministério Público do Trabalho em Goiás (MPT-GO), teve como objetivo, além da apresentação do Fórum para o referido setor, a discussão de questões relacionadas à saúde e segurança no meio ambiente do trabalho hospitalar.

A audiência pública foi conduzida pelos órgãos MPT-GO, Ministério do Trabalho (MTb) e Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (CEREST), representados, respectivamente, pelo procurador-chefe, Tiago Ranieri, pelo auditor fiscal do Trabalho Ricardo Oliveira e pela enfermeira da Superintendência de Vigilância em Saúde de Goiás Tatiana Luciano Sardeiro. O procurador de Contas do Ministério Público de Contas junto ao Tribunal de Contas dos Municípios José Gustavo Athaíde também esteve presente.

“A ideia do evento não foi apenas promover a conscientização, mas também mostrar os vieses fiscalizatório e de responsabilização (por parte do MPT) que existem e estão em atividade”, esclareceu o procurador-chefe do MPT-GO. Por isso, foram ressaltadas as atividades de fiscalização do MTb e atuação no ambiente hospitalar do CEREST.

Agora, após a audiência, o FSST-GO irá visitar as cem maiores empresas do ramo com objetivo de verificar o cumprimento (ou não) das normas de segurança. Concluídas as visitas, um relatório será encaminhado ao representante regional da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente de Trabalho (Codemat) do MPT-GO para que sejam traçadas estratégias de atuação nas unidades de saúde que não se adequarem à lei.

Segundo dados do MPT Polaris, as atividades de atenção à saúde humana são uma das que mais registram acidentes de trabalho no Estado de Goiás. A média de idade dos acidentados é de 34 anos e, apenas em 2017, foram registradas 1.143 ocorrências.

Campanha “Cuidando de Quem Cuida”

Após o término da audiência pública também ocorreu o lançamento da campanha “Cuidando de quem cuida - Super Saúde e Segurança”. O objetivo da ação é promover a conscientização no que diz respeito à saúde e segurança no ambiente de trabalho hospitalar.

As peças abordam o uso de equipamentos de proteção individual, importância de se fazer exames de rotina, manejo correto de materiais perfurocortantes e a Síndrome do Esgotamento Profissional no âmbito do trabalho na área da saúde. Serão divulgados banners, adesivos, totens para tirar fotografia, um spot de rádio e um vídeo para painel de LED.

Banner da campanha “Cuidando de quem cuida - Super Saúde e Segurança”
Banner da campanha “Cuidando de quem cuida - Super Saúde e Segurança”

Campanha “Cuidando de quem cuida - Super Saúde e Segurança” foi lançada ao final da audiência pública
Campanha “Cuidando de quem cuida - Super Saúde e Segurança” foi lançada ao final da audiência pública

 

Imprimir